Início / Política / Artur e Wilker longe da base

Artur e Wilker longe da base

Artur Neto | Wilker Barreto

Vereadores da base andam incomodados com a cerca de jurubeba que se levantou entre eles e o prefeito Artur Neto (PSDB) e o presidente da CMM, Wilker Barreto (PHS). Sem acesso aos dois, os parlamentares decidiram bater ponto nas secretarias municipais, atrás de reuniões com secretários. O movimento, quase que coordenado, vem irritando os titulares das pastas. Isso porque muitos vereadores esquecem de que são legisladores e agem nas secretarias como se tivessem poder de Executivo.

Tem secretário surpreso com a “qualidade” da base na CMM. Contam que há muitos vereadores que não têm a mínima noção do que estão fazendo na Casa.

A briga pelas comissões da CMM começou, nesta semana, com vereadores cobrando promessas de campanha do presidente reeleito da Casa, Wilker Barreto (PHS). Questionam Wilker sobre ele ter prometido a mesma comissão para até três vereadores.

A suspeita do jogo triplo do presidente veio depois que dois vereadores, em uma conversa informal, descobriram que tinham a promessa de ficar com a mesma presidência de comissão.

Exemplo citado por um vereador à coluna é a Comissão de Educação, que Wilker tinha reservado para o colega de partido, vereador Professor Samuel (PHS), mas também disse que a entregaria para o Professor Fransuá (PV) e para a veterana Therezinha Ruiz (DEM).

Os tucanos Plínio Valério e Dante têm a promessa de dirigirem a Comissão de Constituição e Justiça. Vão ter de tirar par ou ímpar.

>>> COLUNA SIM&NÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by keepvid themefull earn money