Início / Cidades / Artur Neto e comitiva conhecem VLP e sistema integrado de transporte de Medellín

Artur Neto e comitiva conhecem VLP e sistema integrado de transporte de Medellín

Ao dar continuidade às visitas técnicas para conhecer as estruturas e dinâmicas de modais de transporte na Colômbia, o prefeito Artur Virgílio Neto e a comitiva formada por secretários e vereadores de Manaus conheceram, na sexta-feira, 20, na cidade de Medellín, o funcionamento do Veículo Leve sobre Pneus (VLP), sistema integrado de transporte com o metrô, e o MetroCable, uma espécie de teleférico. 

Ao conhecer a realidade do transporte das duas cidades colombianas – na quinta-feira, 19, o prefeito e a comitiva já haviam conhecido o Bus Rapid Transit de Bogotá, Artur classificou o sistema da capital colombiana como muito bom, porém qualificou o de Medellín como excepcional. Segundo ele, o sucesso desses modais tem em comum o interesse do governo federal daquele país em ajudar as duas cidades a implantar os diferentes modelos.

“Hoje vimos de perto o sistema de integração entre o metrô, o VLP e o MetroCable que possibilita o transporte para uma favela com 150 mil pessoas. Tudo isso só foi possível com a ajuda que essas  prefeituras receberam” , disse Arthur.

Ele enfatizou também que o conhecimento adquirido nesta viagem reforça ainda mais a vontade de buscar recursos federais para implantar um novo sistema de transporte em Manaus. “É com todo respeito e amizade que tenho pelo presidente Michel Temer que vou dizer a ele que é preciso sair um sistema de mobilidade moderno para Manaus. Mas com uma participação decisiva do governo federal, porque a vontade política tem que existir para termos uma mudança verdadeira, duradoura e social”, enfatizou.

Acompanharam o prefeito Artur durante a visita o superintendente municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Audo Albuquerque, o presidente do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), Franklin Pinto; o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Antonio Nelson; os vereadores Chico Preto e Rosivaldo Cordovil e o consultor técnico Pedro Simões.

O VLP de Medellín

Ao ser implantado em Medellín, em 2015, o sistema VLP levou uma verdadeira mudança a uma localidade considerada “zona vermelha”, por conta do narcotráfico. Foram investidos US$ 240 milhões no sistema que chega a transportar 5,5 mil passageiros em horários de pico.

Naquela cidade, o VLP se firmou como modal imprescindível com dez estações que interligam o Metrô ao MetroCable. O projeto de implantação contemplou, ainda, fortemente, o lado social, com a reurbanização do trecho que atende, a utilização de estagiários de universidades locais como condutores e a contratação de moradores da favela atendida pelo sistema para operar o funcionamento do mesmo.

Neste sábado, 21, o prefeito Arthr Neto e a comitiva vão conhecer o sistema BRT de Medellín e encerram a visita técnica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by keepvid themefull earn money