Início / Política / Governador José Melo lança pacote de R$ 1,1 bilhão para a Educação

Governador José Melo lança pacote de R$ 1,1 bilhão para a Educação

O governador do Amazonas, José Melo, lançou na manhã desta terça-feira, 31 de janeiro, na sede do Governo, um pacote de obras para a Educação que somam investimentos de R$ 1,1 bilhão para 2017 e 2018. Batizado pela Secretaria Estadual de Educação (Seduc) “Programa de Revitalização das Escolas Estaduais”, o plano prevê a construção, reforma e ampliação de escolas na capital e no interior, alcançando, segundo a secretaria, cerca de 480 mil estudantes.

“Nós temos a segurança que tudo isso vai acontecer, porque estes recursos já estão em caixa”, disse Melo

O pacote inclui obras já em andamento e outras licitadas ou em fase de licitação, a exemplo de 12 Centros de Educação de Tempo Integral (Cetis) para o interior. De acordo com o governador José Melo, os recursos, provenientes dos cofres estaduais, de um financiamento com o Banco Mundial e do Governo Federal, estão em caixa.

“Ao anunciarmos este pacote de obras, nós temos a segurança que tudo isso vai acontecer, porque estes recursos já estão em caixa”, disse o governador, após discursar para uma plateia que lotou o auditório da sede do governo, composta por gestores de escolas e o secretariado de Governo. O evento também foi transmitido, via Centro de Mídias, da Seduc, para todos os municípios.

O governador falou da satisfação de estar lançando o pacote de obras para a educação. “De todas as minhas alegrias que tive em dois anos de governador, esta é a maior delas, porque eu sou apaixonado pela educação, sei que a educação é o único caminho capaz de transformar o filho de um pai pobre num vencedor. Meu pai era seringueiro, eu era analfabeto até os 12 anos de idade e estou agora aqui, falando pra vocês. Portanto, a educação é o caminho e o que eu puder fazer para que os operadores da educação, professores, professoras, gestores e o pessoal que trabalha na parte pedagógica, possam exercitar, da forma clara correta e com conforto, o sagrado dever de educar este meu governo vai fazer”.

Obras – O Pacote está dividido entre obras em andamento e nas que ainda vão iniciar. Em andamento na capital, por exemplo, têm três escolas sendo construídas e nove escolas e mais um centro cultural sendo reformados, com investimentos de R$ 53,4 milhões. No interior, 07 Centros de Educação de Tempo Integral (Cetis) e dez escolas padrão estão sendo construídos. Outras 35 escolas estão sendo reformadas ou ampliadas, com total de investimentos de R$ 201,6 milhões.

No pacote de obras que iniciam em 2017 estão 12 Cetis para municípios do interior, que juntos somam R$ 207 milhões; mais 16 novas escolas na capital (R$ 130 milhões) e 22 no interior (R$ 121 milhões). Somam-se ainda a reforma de 80 escolas no interior e 19 na capital, que juntas somam R$ 218 milhões e adequação de 17 escolas regulares na capital e do interior para serem transformadas em escolas de tempo integral (R$ 98 milhões). O pacote ainda inclui R$ 81,2 milhões para manutenção predial.

“Grande parte desses projetos já está em execução”, informou Algemiro Lima

O secretário de Educação Algemiro Lima assegurou que a maioria das obras, se ainda não começaram, iniciam em breve. “Grande parte desses projetos já está em execução. A outra parte já está licitada, como os 12 novos Cetis para o interior, com ordem de serviço já para amanhã. E as obras tidas como menores, que são as reformas, nós vamos trabalhar no projeto de execução da licitação e elas começarão a partir de junho deste ano”.

Algemiro explicou que somente do Plano de Desenvolvimento da Educação do Amazonas (Padeam), que está sendo financiado com o Banco Mundial, com contrapartida do Estado, estão disponíveis R$ 500 milhões, dos quais R$ 207 milhões são para a construção de novas escolas de tempo integral.

Todos pela Vida – Entre as obras anunciadas e em andamento estão a construção de ginásios e quadras poliesportivas nas escolas. A ideia segundo o governador, é dotar todas as escolas de equipamentos para que, a partir de abril, elas possam abrir nos fins de semana e feriados para o programa Todos pela Vida. “Vamos atender à população com todos os serviços do Estado na área de educação, saúde, segurança e entretenimento. Este programa será uma espécie de guarda-chuva de proteção às famílias e à juventude”, disse o governador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by keepvid themefull earn money