Início / Cidades / Prefeitura de Parintins intensificará ações para reabrir o aeroporto

Prefeitura de Parintins intensificará ações para reabrir o aeroporto

Acompanhado do secretário de Obras e Serviços Públicos, Mateus Assayag, e do líder do governo na Câmara, vereador Telo Pinto, o prefeito de Parintins, Bi Garcia, esteve na manhã desta terça-feira no aeroporto Júlio Belém para acompanhar como está o andamento das ações que visam sua reabertura para operações de voos.

O foco será a captura de 500 urubus na área do aeródromo e da lixeira

A direção do aeródromo, em conjunto com a Secretaria de Obras, executa no entorno do Júlio Belém o desmatamento de mata para atender a determinação do Decea (Departamento de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro), que delibera sobre a limpeza da área de transição da pista. Outra determinação para o terminal aeroportuário retornar às atividades é a execução de um plano de manejo de aves.

Segundo o prefeito Bi Garcia, as ações executadas no entorno da pista aeroporto serão intensificadas com o reforço de colaboradores e maquinário necessário para a supressão da mata.

“Nós vamos aumentar o número de profissionais que trabalham na operação de motosserra. Vamos contratar mais três e também trator esteira, para que a gente faça o desmatamento que foi autorizado pelo Ibama e está sendo solicitado pela Anac o mais rápido”, frisa.

A gestão do aeroporto Júlio Belém, por meio do diretor Jean Jorge, ressalta as ações que visam a normalização das atividades no aeródromo junto a secretarias da Prefeitura de Parintins.

“A Secretaria de Obras tem agido rapidamente com a devastação da área de mata secundária que está no entorno da área operacional e patrimonial do aeroporto. A Secretaria de Meio Ambiente está trabalhando na execução do plano de manejo das aves do entorno do aeroporto e que circulam na cidade e causam perigo aviário para as aeronaves”, enfatiza.

Após a execução da derrubada da mata no entorno do terminal, a Prefeitura de Parintins prepara a execução do plano de manejo de aves. O foco será a captura de 500 urubus na área do aeródromo e da lixeira. Após a captação, as aves serão identificadas e soltas à mais de 50 km da área urbana da cidade, cumprindo com a determinação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by keepvid themefull earn money