Início / Destaques / Produtores têm até terça para se credenciar no programa de fornecimento da merenda escolar

Produtores têm até terça para se credenciar no programa de fornecimento da merenda escolar

Produtores, agricultores, associações, cooperativas e produtores individuais da capital e interior do estado do Amazonas têm até esta terça-feira (31) para se credenciar no Programa de Regionalização da Merenda Escolar (PREME) da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS).

Atualmente, 15 mil produtores rurais e agricultores familiares fazem parte do Programa e a expectativa é dobrar esse número. Uma das novidades do edital deste ano é o aumento no número de itens que compõem a merenda escolar no estado que, hoje, são 36 itens e para 2017 são pelo menos 45 até o momento.

Todos os novos cadastros deverão ser aprovados pela coordenação do Programa. Os inscritos devem atender todos os pré-requisitos estabelecidos no edital, sendo que um dos principais é que os participantes sejam produtores rurais e tenham a carteira de produtor, que é expedida pela Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz).

O presidente da ADS, Lissandro Breval, explica que o Preme gera um processo de via de “mão dupla”. “O Programa tem gerado oportunidades de empregos, aumento na renda de milhares de famílias do estado e ao mesmo tempo tem melhorado a alimentação de alunos da Rede Pública estadual”, enfatizou Breval.

Um dos exemplos de sucesso na produção após o credenciamento no Preme é a produtora Maria do Carmo Côrtez de Miranda, do município de Iranduba, que fornece temperos regionais diversos e é cadastrada há mais de sete anos no Programa.

“Desde quando passei a fornecer por meio do Preme minha vida melhorou bastante e pude contribuir também com a renda de muitas pessoas aqui no município. Lembro que antes de ser cadastrada a produção rendia em torno de dois mil reais e hoje passa dos cinquenta mil”, pontuou Maria do Carmo.

Outro produtor do interior do estado, que viu sua produção melhorar há mais de cinco anos, devido ao Preme, é Aloísio Pollmeier, que fornece pimenta cheirosa, pimentão, cheiro verde, limão, macaxeira e outros itens.

“Trabalhar com contrato nos dá garantia de venda e isso nos transmite segurança. Com o contrato temos a certeza que podemos plantar porque temos demanda e para quem vender. Minha produção aumentou em mais de cento e cinquenta mil”, destacou Aloísio.

Seleção

O credenciamento é voltado tanto para pessoas jurídicas (cooperativas, associações), como para físicas, que são os produtores rurais. Para se credenciar o produtor precisa adquirir cópia do edital na sede da ADS, localizada na Avenida Getúlio Vargas, 1127, Centro de Manaus, de 8h às 12h e de 14h às 16h30.

Mais informações podem ser obtidas na sede ou pelo site ADS; nos escritórios do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), localizados na capital e interior ou pelos telefones (92) 99617-9592, 99156-9535, 99983-8164 ou 98415-1156.

Benefícios

O Programa de Regionalização da Merenda Escolar nasceu no ano de 2005 e visa à substituição de gêneros alimentícios importados por produtos regionais, que contribuem com a interiorização do desenvolvimento e resgate da educação alimentar por meio de alimentos saudáveis.

A finalidade também é servir de apoio ao desenvolvimento sustentável, incentivando a aquisição de gêneros alimentícios diversificados, produzidos em âmbito local e preferencialmente pela agricultura familiar e pelos empreendedores rurais, valorizando as comunidades tradicionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by keepvid themefull earn money