Início / Cidades / Sindicato dos rodoviários confirma nova tarifa de ônibus de R$ 3,30

Sindicato dos rodoviários confirma nova tarifa de ônibus de R$ 3,30

Após dois anos congelada, a passagem de ônibus em Manaus deve ser reajustada para aproximadamente R$ 3,30. O novo valor deve passar a valer a partir do próximo fim de semana. O anúncio oficial será feito, na manhã desta quinta-feira (26), pela Prefeitura de Manaus durante coletiva no auditório da Casa Militar, Compensa, Zona Oeste. A confirmação sobre o novo valor da passagem veio do presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário de Manaus (STTRM), Givancir Oliveira, que frisou ainda que, mesmo com o reajuste, a categoria pode não aceitar a proposta dos empresários e fazer greve geral a partir de segunda-feira (30).

Os empresários fizeram uma contraproposta aos rodoviários, que deve ser votada nesta quinta em assembleia

De acordo com Givancir, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) propôs aos rodoviários um reajuste de apenas 8%, sem o pagamento retroativo, de acordo com a data base vencida em maio de 2016. Já a categoria reivindica um aumento com a reposição da inflação do ano passado, estipulada em 9,5%, mais os pagamentos dos dez últimos meses.

“Nós tivemos uma reunião com os empresários, representantes do nosso sindicato e o prefeito em exercício Marcos Rotta, onde a nossa pauta de reivindicação não foi atendida. Os empresários, por sua vez, fizeram uma contraproposta. Eu vou levar para a categoria avaliar, mas já deixo claro que, possivelmente, ela não será aceita”, disse o presidente do STTRM, que vai fazer duas assembleias gerais amanhã, uma às 8h e outra às 16h, onde será confirmada ou não a nova paralisação.

Em caso de negativa da categoria ao pedido dos empresários, 100% da frota deve paralisar na segunda-feira. “Pelo que publiquei nas redes sociais, os rodoviários não aceitaram a contraproposta. Essa publicação serve como um termômetro, mas vamos aguardar a reunião nesta quinta para ver se ela será aceita. Porém, com o valor reajustado da passagem, mais os R$ 70 milhões que serão subsidiados pela Prefeitura de Manaus, os empresários têm condições de pagar o que foi solicitado pela categoria. Nós estamos lutando por um direito nosso”, relatou.

Os rodoviários paralisaram 100% da frota de ônibus no último dia 17. Mais de 800 mil usuários do transporte coletivo de Manaus foram prejudicados. Na ocasião, a Justiça do Trabalho havia determinado que todos os membros da diretoria do STTRM fossem presos. Entretanto, a direção do sindicato negociou com a prefeitura um prazo de dez dias (que expira nesta sexta-feira), para negociar com os empresários a pauta de reivindicações. >>>Em Tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by keepvid themefull earn money